Blog Dicas de Saúde

Entendendo a diferença entre consumir cacau e chocolate

Sandra C. Marasca Martini
Farmacêutica Bioquímica, Especialista em Saúde Coletiva.
Publicado em 29/03/2018

O cacau é o fruto da árvore do cacaueiro, originário da Amazônia e é considerado um alimento funcional, pois além de desempenhar funções nutricionais, quando consumido de forma regular e moderada, traz benefícios à saúde.

Já o chocolate é a forma mais popular de consumo do cacau. Porém, o consumidor precisa estar consciente de que há uma ampla variedade de chocolates disponíveis no mercado, e de que o teor de cacau varia significantemente de um produto para outro.

Para entender melhor, precisamos olhar para a composição básica de cada um destes ingredientes:

•Cacau em pó: 100% cacau e não contém açúcar

•Chocolate em pó: 30 a 50% de cacau + açúcares e aromatizantes

•Achocolatado: tem cerca de 20% de chocolate + açúcar, aromatizantes e conservantes

De acordo com uma resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o chocolate deve, obrigatoriamente, apresentar o mínimo de 25% de cacau.

Os benefícios do cacau provêm do poderoso conjunto de substâncias, encontradas nele, como a feniletilamina, que estimula a produção de dopamina e serotonina, hormônios relacionados à sensação de prazer e bem-estar. Nosso corpo produz feniletilamina quando sentimos desejo por alguém ou nos apaixonamos, por isso, o cacau também é considerado um alimento afrodisíaco.

Temos também os flavonoides, substâncias com capacidade antioxidante que ajudam a combater os radicais livres e o envelhecimento precoce. Os flavonoides também têm propriedades vasodilatadoras e contribuem para melhorar a circulação sanguínea e consequentemente, favorecem o bom funcionamento das artérias e do coração, colaborando para diminuir o risco de doenças cardiovasculares.

O cacau também é riquíssimo em magnésio, sendo que a deficiência deste mineral no organismo de mulheres, pode levar ao desenvolvimento de sintomas de depressão: ansiedade, irritabilidade, insônia, fadiga e dores de cabeça.

No entanto, é essencial ressaltar que a concentração de cacau e automaticamente destas substâncias varia muito entre os diversos tipos de chocolate disponível no mercado. Por isso, é importante optar por cacau ao invés de achocolatados e por chocolates com altos teores de cacau no lugar dos chocolates ao leite.

Aproveite ainda hoje os benefícios do cacau em pó da Mais Natural!